O que está havendo com o mundo? Pessoas coloridas

Se você já viu um ser vestindo calça laranja, camiseta azul-piscina e tênis roxo, meus pêsames: você conhece uma pessoa colorida.

Mas, afinal, o que são pessoas coloridas? Saiba mais clicando aqui

Bom, agora que você já sabe um pouco sobre o tema. Vamos ao objetivo deste post.

WTF a neurociência tem a ver com isso??

Tamanha a minha indignação com essa gente colorida, fui buscar na literatura a resposta para esse tipo de modinha que atinge a população teen.

Não encontrei nada. Ninguém escreveu algo que explique cientificamente o aparecimento desses seres.

Então, eu refleti sobre o tema, e cheguei a seguinte hipótese: o comportamento colorido está relacionado a maturação tardia dos circuitos neuronais no córtex pré-frontal.

O córtex pré-frontal é uma região do cérebro bastante estudada por vários pesquisadores das áreas da emoção, da memória, da atenção e dos processos cognitivos de mais alta ordem relacionados com a capacidade de planejamento de ações e de previsão das consequências destas no futuro. É uma região bastante desenvolvida nos humanos, e participa da complexa rede neural que possibilita à nossa espécie o desenvolvimento de comportamentos mais elaborados e flexíveis, permitindo características como o auto-controle, raciocínio, julgamento moral, planejamento das ações, capacidade de tomada de decisões, entre outras funções essenciais subjacentes ao intercurso social. Além disso, há vários estudos relacionando essa estrutura a características de personalidade, tais como o “estilo afetivo”, ou seja, a maneira como cada indivíduo percebe os estímulos que evocam determinadas emoções e como ele reage a eles.

Tratando-se de sua maturação, estudos envolvendo análises post-mortem e de neuroimagem em crianças e pré-adolescentes, revelaram que o córtex pré-frontal é uma das últimas estruturas do encéfalo a completar o processo de maturação, o qual ocorre durante toda a adolescência e só termina completamente por volta dos 18 anos, podendo chegar até os 20 anos. Para determinar a maturação, consideram-se características como mielinização, modificações estruturais e funcionais dos neurônios e de suas sinapses, presença de marcadores de atividade neural, entre outros que não vou lembrar agora. Enfim….

Voltando para o tema ‘pessoas coloridas’, visto que essas pobres crianças, pré-adolescentes, adolescentes que aderiram a essa modinha sucessora da ‘emice‘, como todos seus demais contemporâneos ainda não apresentam o desenvolvimento completo do córtex pré-frontal e não desfrutam ainda de todas as funções que esta estrutura magnífica proporciona, é natural que elas caiam nesse abismo.

Mas, então, se esses seres ainda não amadureceram sua capacidade de julgamento e tomada de decisões, quem pode fazer algo para protegê-los dessa modinha, e, acima de tudo, de si mesmos? Os PAIS, caralho! Esses (as) garotos (as) não têm pais de verdade, por que se meu/minha filho (a) ouvisse Restart, iria apanhar até pedir “Pára mãe pelamordeDeus”, ou iria tratá-lo(a) com antipsicóticos.

@larissaomfaria

Algumas referências bibliográficas pertinentes:

Tsujimoto S. The prefrontal cortex: functional neural development during early childhood. Neuroscientist. 2008 Aug;14(4):345-58. Epub 2008 May 8.
Casey BJ et al. Structural and functional brain development and its relation to cognitive development. Biol Psychol. 2000 Oct;54(1-3):241-57.
Casey BJ et al. The storm and stress of adolescence: insights from human imaging and mouse genetics. Dev Psychobiol. 2010 Apr;52(3):225-35.

Anúncios

3 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Suzana Benitez
    mar 13, 2011 @ 18:48:17

    Gostei dessa teoria, se é que podemos chamar isso de teoria, podemos?

    Mas queria ainda descordar das últimas colocações, com total respeito. Na minha época de adolescência, eu não era colorida, mas seguia um estilo nada comum, ou inventador por mim mesma. Meias esquisitas, mais de um cinto de cada vez, cabelos esquisitos, pena não ter foto! E na verdade meus pais me davam todo o suporte que eu precisava, mas eu não os ouvia, e de certa forma eles “largaram mão”. E me deixaram desencanar dessa moda minha com o tempo. E eu acho que enquanto essas pessoas não se envolverem com vício tipo álcool e drogas, seria completamente normal deixar esses adolescentes passarem por essa fase e desencanarem sozinhos.

    Espero não ter ofendido nenhum dos lados.

    Grande beijo, venho acompanhando o blog sempre!

    Suzi

    Resposta

    • Até o tálamo
      mar 14, 2011 @ 09:58:48

      Olá Suzana!
      Obrigada por acompanhar o blog. É muito importante para nós recebermos comentários. E parabéns pelo seu blog também 🙂
      A hipótese da maturação tardia do córtex pré-frontal, como o nome diz, é apenas uma hipótese. E não procuro confirmá-la.
      Em relação a essa moda colorida, emo, o problema é que é moda barata mesmo, não é estilo próprio (com acredito que era seu caso). Nem é o tipo de moda que marca a cultura de um país, como acontecia em meados dos anos 80, 90, com o surgimento dos punks, usuários de mullets etc…e em termos de musicalidade, o surgimento dessas bandas coloridas fere tudo que é feito de bom no país, mas que muitos adolescentes não conhecem por não ser divulgado pela mídia.
      Deixo bem claro que não seria capaz de atear fogo em uma pessoa colorida, mas certamente não permitiria que meu filho, por exemplo, seguisse esse tipo de moda e ponto final.
      No mais, assim como as postagens são livres e os comentários também, acho válido cada um expressar o que pensa, com seriedade, humor (e por que não também com um pouco de sarcasmo?). Pois, uma das premissas deste blog, é utilizar o humor sempre, seja ele negro, branco, como quiser classificar. Afinal, seria muito chato se tudo fosse levado ‘ao pé da letra’.

      Resposta

  2. Luciano Bongiovanni
    mar 15, 2011 @ 00:01:31

    Eu interpreto esse comportamento social de jovens de uma forma distinta e muito mais simplificada, mas seria uma explicação suficiente pra um post e não um breve comentário =P

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

"Um simples cérebro, sendo bem mais longo do que o céu, pode acomodar confortavelmente o intelecto de um homem de bem e o resto do mundo, lado a lado." Emily Dickinson
"Deve-se ler pouco e reler muito. Há uns poucos livros totais, três ou quatro, que nos salvam ou que nos perdem. É preciso relê-los, sempre e sempre, com obtusa pertinácia. E, no entanto, o leitor se desgasta, se esvai, em milhares de livros mais áridos do que três desertos." Nelson Rodrigues
"Cada um pense o quiser e diga o que pensa" Espinosa
"O animal satisfeito dorme" Guimarães Rosa
%d blogueiros gostam disto: